Posts

health_insurance

Serviço de saúde em British Columbia será gratuito

Residentes de British Columbia não precisarão mais pagar as taxas do Plano de Serviço Médico (MSP) a partir de 1º de janeiro de 2020.

O novo orçamento, sob o governo provincial do partido BC NDP, pede a remoção das taxas, o que economizará até $900 por ano individualmente e famílias até $1.800 por ano, além de eliminar uma carga administrativa para as empresas.

“British Columbia é um caso isolado no Canadá, a única província que cobra valores altos, as taxas do MSP são injustas e regressivas, penalizando famílias e indivíduos”, disse Carole James, ministra das Finanças de BC, durante seu discurso orçamentário.

“Vai tirar pressão das carteiras das pessoas. E isso ajudará a tornar nosso sistema tributário mais justo e progressivo. ”

Ela acrescentou que todos os indivíduos atualmente pagam o mesmo valor, independentemente do nível de renda, e os níveis de MSP mais do que dobraram nos últimos 16 anos.

saude_canada

As taxas do MSP já haviam sido reduzidas em 50% no ano passado na atualização do orçamento do governo provincial.

O orçamento de saúde do BC subirá de $18.923 bilhões, durante o atual ano fiscal, para $21.294 bilhões em 2020-21.

Além disso, o governo provincial orçou US $ 3,1 bilhões para novas instalações hospitalares nos próximos três anos.

Outras iniciativas incluem $150 milhões para reduzir os custos com medicamentos que precisam de receita, especialmente para famílias de baixa renda, e $150 milhões para conectar aqueles que não têm médicos de família com cuidados primários em equipe.

Fonte: Daily Hive Vancouver

 

Quer vir para o Canadá e não sabe por onde começar o seu plano?

 

Screen Shot 2018-07-03 at 12.50.13 PM

Comemorações do Canada Day em Vancouver

Centenas de milhares de pessoas foram a Downtown Vancouver para as comemorações emblemática do Canada Day no Canada Place.

As comemorações ao longo do dia terminaram sem problemas, embora tenha havido um breve momento de chuva leve antes do espetacular show de fogos de artifício.

Felizmente, a chuva parou bem antes dos fogos de artifício e os céu limpo assumiu as condições climáticas.

Aqui está um resumo das fotos tiradas nesse dia:

Foto: mpgyvr Instagram
Screen Shot 2018-07-03 at 12.50.13 PM

Foto: Emma_Liao Instagram

Screen Shot 2018-07-03 at 12.51.38 PM

Foto: hahacl Instagram

Screen Shot 2018-07-03 at 12.53.37 PM

Foto: dnleeming_images Instagram

Screen Shot 2018-07-03 at 12.55.08 PM

 

Fonte: http://dailyhive.com/vancouver/canada-day-vancouver-photos-2018

BC-Wage-Graphic-cover

Província de BC aumenta o salário mínimo para $12.65 por hora

O governo da Colúmbia Britânica aumentará o salário mínimo para $ 15,20 por hora até junho de 2021.  O Premier John Horgan anunciou na manhã de quinta-feira que a província decidiu aumentar a cada ano em 1º de junho, depois de analisar recomendações da Comissão de Salários Justos.

O primeiro aumento ocorreu em 1º de junho de 2018, quando o salário mínimo atual passou de $ 11,35 por hora para $ 12,65 por hora. A província revisará o salário todos os anos antes do aumento de junho, para garantir que esteja cumprindo a meta.

 

Salário Canadá

 

O governo da Colúmbia Britânica prometeu aumentar o salário mínimo para $ 15 por hora até 2021 durante a campanha eleitoral provincial de 2017. O líder do Partido Verde, Andrew Weaver, criticou o governo por colocar um prazo firme para a implementação, enquanto a Comissão de Salários Justo preparava suas recomendações.

O governo diz que a comissão concluiu que o aumento do salário mínimo deve ser “antecipado”. A comissão concluiu que aqueles que fazem o salário mínimo provavelmente devolverão grande parte dos salários adicionais à economia, em vez de salvá-la.

“Acreditamos que temos um forte crescimento econômico na Colúmbia Britânica e a expectativa é que isso continue nos próximos anos”, disse Horgan. “Acreditamos que 2021 não seja excessivamente agressivo, na verdade, será decepcionante para alguns”.

A província está tentando evitar críticas semelhantes ao que o governo de Ontário recebeu quando elevou a taxa horária em 1 de janeiro de 2018 de $ 11,60 para $ 14 por hora. Na época do aumento, restaurantes em B.C. advertiu que um aumento acentuado aqui significaria refeições mais caras para os clientes ou funcionários sendo demitidos.

BC Federation of Labor decepcionado na linha do tempo

A Federação do Trabalho do BC, que lançou a campanha de salário mínimo de $ 15 por hora, está decepcionada com o fato de que o governo de Horgan levará mais de três anos para alcançar o salário-alvo.

“Vamos deixar claro que conseguir um salário mínimo de $ 15 por hora é uma conquista, e melhor do que qualquer coisa que o governo anterior do BC teria feito para tratar da pobreza e da desigualdade”, disse a presidente da Federação do BC, Irene Lanzinger. “Mas fazer com que 500 mil trabalhadores mal pagos, que atualmente ganham menos de $ 15, esperem até 1 de junho de 2021 para subir acima dos salários de pobreza, não é justo.”

 

Quer saber como podemos te ajudar a vir para o Canadá?

Trabalhar-no-Canada-One-Immigration

Tudo que você queria saber sobre como trabalhar legalmente no Canadá

Uma das principais questões dos clientes da One Immigration e de quem quer morar no Canadá, de uma forma geral, diz respeito a como conseguir trabalhar no país de forma legal, com todos os documentos necessários. Afinal, o investimento é grande e trabalhar não só é essencial para arcar com as despesas como, principalmente, se inserir na sociedade e começar a vida no novo país.

Leia mais

LMIA-o-que-e-como-conseguir

LMIA: Como conseguir imigrar com o patrocínio de uma empresa canadense

Como falamos no post Tudo que você queria saber sobre como trabalhar legalmente no Canadá, o simples fato de ter uma oferta de emprego de uma empresa canadense infelizmente não dá direito à permissão de trabalho no país. Isso só é possível quando a empresa se dispõe a fornecer o famoso LMIA (Labour Market Impact Assessment), um processo mais burocrático e que consiste em a companhia se dispor a ser a patrocinadora do candidato no processo de imigração. É algo mais demorado mas certamente não impossível, por isso decidimos fazer este post para esclarecer as suas principais dúvidas sobre o LMIA e como consegui-lo.

Leia mais

One Immigration Aerial_Sunset_Vanjpg

Por que o Canadá é hoje a opção número um dentre os países abertos à imigração?

Dos vários contatos que recebemos nos últimos meses, grande parte deles está considerando outros destinos também e tem interesse em entender melhor por que o Canadá esta sendo tão citado em diversas reportagens no Brasil, mas também no México e nos Estados Unidos. Sempre quando terminamos de explicar os diferenciais e por que o Canadá tem atraído diversos profissionais, fica bastante claro que realmente as chances de tornar-se cidadão são muito maiores e mais factíveis no Canadá que em outros países de primeira linha que possam estar abertos à imigração.

Enquanto a cada ano mais e mais países vem fechando suas fronteiras e acirrando rivalidades com seus vizinhos, o Canadá surge como um oásis em meio a esse deserto de sentimentos populistas e movimentos nacionalistas. Há alguns anos, o Governo Canadense contratou uma consultoria de Planejamento Estratégico reconhecida internacionalmente. O foco da McKinsey & Company era desenhar os próximos passos para um crescimento econômico sustentado no longo prazo. A partir da análise criteriosa, chegou-se a um diagnóstico muito claro: o Canadá tem uma grande área territorial, mas uma população proporcionalmente pequena (35 milhões de habitantes) e envelhecida (média de idade acima dos 39 anos, enquanto no Brasil a média é de 31 anos), escassez de mão de obra em algumas ocupações e ainda necessidade bastante elevada de profissionais das mais diversas áreas para repor o grande volume de profissionais que irão se aposentar nos próximos cinco a 10 anos (aproximadamente 15% da população economicamente ativa).

Tudo isso em mente e levando em consideração as características de uma nação jovem (150 anos completos agora em 2017) onde a grande maioria da população é formada por netos, filhos ou imigrantes de primeira geração, levou o governo canadense a adotar prontamente a sugestão da McKinsey de ampliar e acelerar os programas imigratórios canadenses que atualmente correspondem a mais de 50 possibilidades em nível federal e provincial para oferecer opções viáveis tanto aos interessados que tenham conhecimentos de inglês e/ou francês. Apenas a título de comparação, os Estados Unidos, com seus 320 milhões de habitantes, tem oferecido anualmente cerca de 50 mil convites para que pessoas tenham seu visto de residente permanente (Green Card); na Nova Zelândia esse número chega a 60 mil novos convites e na Austrália os convites ficam entre 80 e 90 mil anualmente. Esses três países totalizam aproximadamente 200 mil convites para novos imigrantes. O Canadá, como país número um em imigração e novas cidadanias, tem apresentado, desde que decidiu acelerar seus programas imigratórios, números bastante interessantes quando comparados a esses países: em 2014 foram 180 mil novos convites para estrangeiros se tornarem residentes permanentes por aqui. Em 2015 esse número foi de 240 mil, acelerando para outros 300 mil em 2016. Neste ano de 2017 estima-se que outros 300 mil serão convidados após cumprirem os requisitos, que basicamente correspondem a residir legalmente no país com status de residente permanente por quatro anos no período de seis anos sem cometer crimes para, finalmente, se tornarem cidadãos desse maravilhoso país.

Nos próximos quatro anos o Canadá irá acrescentar à sua população cerca de um milhão de novos cidadãos oriundos de outros países.

Normalmente, esse grupo é formado por famílias compostas por profissionais qualificados ou que estão investindo em sua qualificação em escolas de primeira linha aqui no Canadá e posteriormente terão não só acesso a educação e saúde a seus filhos, como excelente empregabilidade em uma economia madura, com taxas de desemprego variando entre 5% e 8% nos principais centros econômicos do país, o que caracteriza quase que uma situação de pleno emprego.

De maneira geral, posso resumir que o Canadá é uma excelente, senão a melhor possibilidade a se considerar quando alguém quer sair do seu país de origem em busca de novas oportunidades. Não podemos prometer que o caminho é fácil, pois se fosse todos estariam aqui, tampouco podemos dizer que é impossível, se tornando bastante factível para aqueles que tem humildade de se dispor a recomeçar sua trajetória, ou calibrar expectativas, foco e dedicação em se adaptar rapidamente para que, num breve espaço de tempo, conquiste seu espaço nesse país com excelente qualidade de vida e possibilidade de desenvolvimento pessoal e profissional no médio e longo prazo.

Caso tenham interesse em considerar suas possibilidades, curta essa publicação ou nos envie uma mensagem através do Whatsapp +1 604 767 7350 ou clicando aquique entraremos em contato. Aproveito para sugerir também que vejam nosso guia visual de imigração para o Canadá : www.oneimmigration.ca/oneguia

set.2017_COVER_site_TOUR_2015

Consultas presenciais de imigração para o Canadá: datas de 25 a 30 de Setembro

Estamos recebendo um monte de emails e mensagens de pessoas interessadas em saber quando seriam as próximas consultas presenciais no Brasil. Por isso, atendendo a pedimos, marcamos nosso  immigration tour de 2017 no país, e fizemos este post para falar sobre as novas datas (clique aqui para saber quais são) e esclarecer algumas dúvidas dos nossos clientes sobre como as consultorias funcionam e quais benefícios elas proporcionam para quem tem interesse de imigrar para o Canadá.

Leia mais

Sobem convites para aplicar a residência permanente na British Columbia

Convites para residência permanente pelo BC PNP sobem 77%

Estamos felizes por vir aqui trazer uma ótima notícia em terras canadenses! Mais uma prova de que o governo do Canadá, incluindo suas províncias, vem acelerando os convites para que imigrantes possam aplicar para residência permanente no país foi apresentada nesta quarta-feira, 10 de maio. A província de British Columbia anunciou um aumento substancial em relação à sua última chamada ao convidar 364 trabalhadores qualificados e estudantes de graduação para aplicarem no seu processo regional de nomeação para residência permanente.

Essa notícia reafirma nossa visão de que o Canadá, que já é um dos países mais abertos à imigração no mundo, continua ampliando e melhorando seus mais de 50 processos imigratórios, entre federais e provinciais, visando atingir seus planos de governo para a economia e, especialmente, demografia no país. Lembrando que o Canadá é a segunda maior nação do planeta em território e tem uma população de apenas cerca de 35 milhões de habitantes – menos de 20% da verificada no Brasil -, o que pressiona a previdência local e cria grandes gaps no mercado de trabalho na medida em que as pessoas se aposentam.

Última chamada, realizada no dia 10 de maio, convidou 364 trabalhadores e estudantes que aplicaram pela província do extremo pacífico oeste, onde está Vancouver

O processo de British Columbia, onde fica localizada Vancouver – uma das maiores e mais famosas cidades canadenses -, registrou um aumento de quase 80% no total de convites, se comparado à chamada anterior, de 19 de abril. Isso demonstra que, quer seja pela variedade de programas ou pelas revisões dos critérios de elegibilidade, as autoridades canadenses responsáveis pelos processos de imigração vem trilhando um caminho de aumentar a oferta de convites à residência permanente, que por sua vez abrem as portas para uma cidadania futura, no médio prazo.

Portanto, se você pensa em vir para o Canadá viver uma experiência de estudo, trabalho ou  de imigração, não perca tempo e aproveite o excelente momento para vivenciar um dos melhores países para se morar. Entre em contato conosco através do Whatsapp +1 604 767 7350 ou clicando aqui.

 

Canada uma superpotência educacional

Você sabia: cidadãos europeus, asiáticos e da Oceania podem trabalhar no Canadá legalmente por até um ano?

Muitos cidadãos brasileiros que tem dupla cidadania, assim como cidadãos de outros países que estão no Brasil e querem vir para o Canadá têm nos procurado, quer seja para fins de imigração, estudo ou trabalho.

Você sabia que há benefícios para determinadas cidadanias no que diz respeito a trabalho no Canadá?

No caso imigratório, o passaporte brasileiro é equivalente a maior parte dos outros países, não gerando, assim, qualquer vantagem ou desvantagem.

No entanto, para vistos de turismo, estudo e principalmente trabalho, temos oportunidades bastante interessantes para jovens adultos (18 a 30/35 anos) portadores de passaporte dos seguintes países:

  • Austrália
  • Áustria
  • Bélgica
  • Chile
  • Costa Rica
  • Croácia
  • República Tcheca
  • Dinamarca
  • Estônia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Hong Kong
  • Irlanda
  • Itália
  • Japão
  • República da Coréia do Sul
  • Letônia
  • Lituânia
  • México
  • Holanda
  • Nova Zelândia
  • Noruega
  • Polônia
  • San Marino
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Suécia
  • Taiwan
  • Ucrânia
  • Reino Unido

Portanto, se você se enquadra nesse caso e pensa em vir para o Canadá viver uma experiência de estudo, trabalho ou  de imigração, ou tem um amigo ou familiar que tenha interesse em saber mais detalhes de como podemos auxiliar nesse processo, fique à vontade para nos contactar. Basta curtir essa publicação ou marcar seu amigo/familiar e entraremos em contato. Pode também  nos ligar diretamente  através do Whatsapp +1 604 767 7350 ou ainda nos contactar clicando aqui.