Posts

BC-Wage-Graphic-cover

Província de BC aumenta o salário mínimo para $12.65 por hora

O governo da Colúmbia Britânica aumentará o salário mínimo para $ 15,20 por hora até junho de 2021.  O Premier John Horgan anunciou na manhã de quinta-feira que a província decidiu aumentar a cada ano em 1º de junho, depois de analisar recomendações da Comissão de Salários Justos.

O primeiro aumento ocorreu em 1º de junho de 2018, quando o salário mínimo atual passou de $ 11,35 por hora para $ 12,65 por hora. A província revisará o salário todos os anos antes do aumento de junho, para garantir que esteja cumprindo a meta.

 

Salário Canadá

 

O governo da Colúmbia Britânica prometeu aumentar o salário mínimo para $ 15 por hora até 2021 durante a campanha eleitoral provincial de 2017. O líder do Partido Verde, Andrew Weaver, criticou o governo por colocar um prazo firme para a implementação, enquanto a Comissão de Salários Justo preparava suas recomendações.

O governo diz que a comissão concluiu que o aumento do salário mínimo deve ser “antecipado”. A comissão concluiu que aqueles que fazem o salário mínimo provavelmente devolverão grande parte dos salários adicionais à economia, em vez de salvá-la.

“Acreditamos que temos um forte crescimento econômico na Colúmbia Britânica e a expectativa é que isso continue nos próximos anos”, disse Horgan. “Acreditamos que 2021 não seja excessivamente agressivo, na verdade, será decepcionante para alguns”.

A província está tentando evitar críticas semelhantes ao que o governo de Ontário recebeu quando elevou a taxa horária em 1 de janeiro de 2018 de $ 11,60 para $ 14 por hora. Na época do aumento, restaurantes em B.C. advertiu que um aumento acentuado aqui significaria refeições mais caras para os clientes ou funcionários sendo demitidos.

BC Federation of Labor decepcionado na linha do tempo

A Federação do Trabalho do BC, que lançou a campanha de salário mínimo de $ 15 por hora, está decepcionada com o fato de que o governo de Horgan levará mais de três anos para alcançar o salário-alvo.

“Vamos deixar claro que conseguir um salário mínimo de $ 15 por hora é uma conquista, e melhor do que qualquer coisa que o governo anterior do BC teria feito para tratar da pobreza e da desigualdade”, disse a presidente da Federação do BC, Irene Lanzinger. “Mas fazer com que 500 mil trabalhadores mal pagos, que atualmente ganham menos de $ 15, esperem até 1 de junho de 2021 para subir acima dos salários de pobreza, não é justo.”

 

Quer saber como podemos te ajudar a vir para o Canadá?

Trabalhar-no-Canada-One-Immigration

Tudo que você queria saber sobre como trabalhar legalmente no Canadá

Uma das principais questões dos clientes da One Immigration e de quem quer morar no Canadá, de uma forma geral, diz respeito a como conseguir trabalhar no país de forma legal, com todos os documentos necessários. Afinal, o investimento é grande e trabalhar não só é essencial para arcar com as despesas como, principalmente, se inserir na sociedade e começar a vida no novo país.

Leia mais

LMIA-o-que-e-como-conseguir

LMIA: Como conseguir imigrar com o patrocínio de uma empresa canadense

Como falamos no post Tudo que você queria saber sobre como trabalhar legalmente no Canadá, o simples fato de ter uma oferta de emprego de uma empresa canadense infelizmente não dá direito à permissão de trabalho no país. Isso só é possível quando a empresa se dispõe a fornecer o famoso LMIA (Labour Market Impact Assessment), um processo mais burocrático e que consiste em a companhia se dispor a ser a patrocinadora do candidato no processo de imigração. É algo mais demorado mas certamente não impossível, por isso decidimos fazer este post para esclarecer as suas principais dúvidas sobre o LMIA e como consegui-lo.

Leia mais

Sobem convites para aplicar a residência permanente na British Columbia

Convites para residência permanente pelo BC PNP sobem 77%

Estamos felizes por vir aqui trazer uma ótima notícia em terras canadenses! Mais uma prova de que o governo do Canadá, incluindo suas províncias, vem acelerando os convites para que imigrantes possam aplicar para residência permanente no país foi apresentada nesta quarta-feira, 10 de maio. A província de British Columbia anunciou um aumento substancial em relação à sua última chamada ao convidar 364 trabalhadores qualificados e estudantes de graduação para aplicarem no seu processo regional de nomeação para residência permanente.

Essa notícia reafirma nossa visão de que o Canadá, que já é um dos países mais abertos à imigração no mundo, continua ampliando e melhorando seus mais de 50 processos imigratórios, entre federais e provinciais, visando atingir seus planos de governo para a economia e, especialmente, demografia no país. Lembrando que o Canadá é a segunda maior nação do planeta em território e tem uma população de apenas cerca de 35 milhões de habitantes – menos de 20% da verificada no Brasil -, o que pressiona a previdência local e cria grandes gaps no mercado de trabalho na medida em que as pessoas se aposentam.

Última chamada, realizada no dia 10 de maio, convidou 364 trabalhadores e estudantes que aplicaram pela província do extremo pacífico oeste, onde está Vancouver

O processo de British Columbia, onde fica localizada Vancouver – uma das maiores e mais famosas cidades canadenses -, registrou um aumento de quase 80% no total de convites, se comparado à chamada anterior, de 19 de abril. Isso demonstra que, quer seja pela variedade de programas ou pelas revisões dos critérios de elegibilidade, as autoridades canadenses responsáveis pelos processos de imigração vem trilhando um caminho de aumentar a oferta de convites à residência permanente, que por sua vez abrem as portas para uma cidadania futura, no médio prazo.

Portanto, se você pensa em vir para o Canadá viver uma experiência de estudo, trabalho ou  de imigração, não perca tempo e aproveite o excelente momento para vivenciar um dos melhores países para se morar. Entre em contato conosco através do Whatsapp +1 604 767 7350 ou clicando aqui.

 

Canada uma superpotência educacional

Você sabia: cidadãos europeus, asiáticos e da Oceania podem trabalhar no Canadá legalmente por até um ano?

Muitos cidadãos brasileiros que tem dupla cidadania, assim como cidadãos de outros países que estão no Brasil e querem vir para o Canadá têm nos procurado, quer seja para fins de imigração, estudo ou trabalho.

Você sabia que há benefícios para determinadas cidadanias no que diz respeito a trabalho no Canadá?

No caso imigratório, o passaporte brasileiro é equivalente a maior parte dos outros países, não gerando, assim, qualquer vantagem ou desvantagem.

No entanto, para vistos de turismo, estudo e principalmente trabalho, temos oportunidades bastante interessantes para jovens adultos (18 a 30/35 anos) portadores de passaporte dos seguintes países:

  • Austrália
  • Áustria
  • Bélgica
  • Chile
  • Costa Rica
  • Croácia
  • República Tcheca
  • Dinamarca
  • Estônia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Hong Kong
  • Irlanda
  • Itália
  • Japão
  • República da Coréia do Sul
  • Letônia
  • Lituânia
  • México
  • Holanda
  • Nova Zelândia
  • Noruega
  • Polônia
  • San Marino
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Suécia
  • Taiwan
  • Ucrânia
  • Reino Unido

Portanto, se você se enquadra nesse caso e pensa em vir para o Canadá viver uma experiência de estudo, trabalho ou  de imigração, ou tem um amigo ou familiar que tenha interesse em saber mais detalhes de como podemos auxiliar nesse processo, fique à vontade para nos contactar. Basta curtir essa publicação ou marcar seu amigo/familiar e entraremos em contato. Pode também  nos ligar diretamente  através do Whatsapp +1 604 767 7350 ou ainda nos contactar clicando aqui.

 

shutterstock_154210700 copy

Como anda a economia Canadense?

Temos ótimas notícias para você que é daqueles que quer vir para o Canadá, mas que não

sabe exatamente para onde neste enorme país. As duas principais províncias que apresentarão

maior crescimento econômico em 2016 e 2017, serão British Columbia e, em seguida, Manitoba.

Economia de Manitoba

Esse grande desenvolvimento é atribuído aos setores de construção, manufatura e serviço.

De acordo com o CBOC (The Conference Board of Canada), organização canadense

responsável por pesquisar e analisar as tendências econômicas do país, a taxa de PIB em

Manitoba neste ano apresentará crescimento real de 2,5% e de 3% no próximo ano.

O setor de manufatura Canadense

O setor de manufatura se beneficiará da baixa do dólar canadense e da alta do dólar

americano. Dessa forma, crescerá aproximadamente 3,4% no presente ano. Além disso, o setor

de construção está em acelerada expansão juntamente aos projetos da Manitoba Hydro que no

momento possui papel importante ao oferecer inúmeras vagas de emprego. Há previsão de que o

desenvolvimento nesse setor que alcançará 1,4% em 2016, manterá ritmo de crescimento nos

próximos dois anos.

Outras áreas de relevante desenvolvimento são os setores financeiro, seguro e

imobiliário. Em consequência desses aumentos, a taxa de empregabilidade que já é interessante,

projetada em crescer em 1,3%, será ainda melhor em 2017, podendo alcançar 1,8%.

 Economia de British Columbia

A estimativa é de que a Província de British Columbia lidere o crescimento do país

nos setores de construção e moradia. As Províncias de Alberta e Saskatchewan não

entrarão em recessão, mas continuarão sofrendo por causa da crise no setor de energia.

Economia de Alberta

Segundo o CBOC, até o fim deste ano a Província de Alberta perderá 11 milhões de dólares canadenses.

Fica então a dica para você  considerar essas informações antes de tomar sua decisão.

Você pode contar com a ajuda de nossos consultores para ter mais informações sobre imigração para o Canadá. Clique aqui e marque sua consultoria agora!

 

Fonte: http://www.cbc.ca/news/canada/manitoba/manitoba-s-

economy-to- thrive-in- 2016-conference- board-of- canada-1.3354202

Validacao-de-diplomas-profissionais-no-Canad†-quem-precisa-e-como-fazer

Validação de diplomas profissionais no Canadá: quem precisa e como fazer

Para que suas profissões possam ser exercidas legalmente no Canadá, os profissionais estrangeiros de determinadas áreas precisam validar seus diplomas no país. É um processo legal um tanto burocrático e por vezes demorado, mas essencial para que especialistas de diversas áreas, como engenharia, nutrição e arquitetura, possam trabalhar em terras canadenses.

Leia mais