As vantagens de se saber francês para viver no Canadá

O Canadá possui duas línguas oficiais: o Inglês e o Francês. Contudo, não se fala muito da importância de saber francês ao ir morar no país. O conhecimento da língua francesa pode te auxiliar a ter um interesse maior na história do lugar – o que acelera a adaptação à nova realidade – e te ajudar a se localizar, além de também ser vantajoso para poder se tornar um residente no país. Mas antes de falar sobre as vantagens, vamos falar um pouco sobre a história do Canadá.

Os primeiros habitantes do Canadá eram os aborígenes que, provavelmente, eram originários da Ásia. O país, que até então não era conhecido como Canadá, passou por uma “tentativa” de colonização dos vikings, que foram os primeiros europeus a pisar no território canadense, porém foram expulsos do local devido à resistência dos nativos. Sua colonização só começaria de fato durante o século XVI, quando ingleses e franceses ocuparam o território que hoje é o Canadá. Depois de alguns conflitos e acordos referentes à divisão dos territórios, a região de Quebec passou a ter o francês, também, como língua oficial, sendo, inclusive, o idioma predominante na região. Não apenas as raízes linguísticas da província não são esquecidas, como há forte valorização da herança diversificada que ajudou a formar a sociedade canadense.

No entanto, embora esteja mais localizada na província de Quebec, a língua francesa está presente em todo o país, como em empresas bilíngues, escolas que oferecem ensino tanto em francês quanto em inglês e em eventos cotidianos. Saber as duas línguas pode facilitar sua estadia, seja de curto ou longo prazo, e dar uma segurança maior ao viajar por qualquer lugar no país. Além disso, para os programas de imigração, o conhecimento da língua francesa pode ser vantajoso. 

Imigrar para o Canadá é um objetivo que muitas pessoas têm em mente e existem vários programas de imigração, cada um com seus requisitos. Mas dentre os requisitos básicos para imigração está a fluência na língua inglesa, e o conhecimento da língua francesa pode ser útil. Para o Express Entry, por exemplo, o conhecimento em francês pode somar pontos na sua aplicação para imigrar para o Canadá, com um boa nota na avaliação que examina as áreas de escrita, pronúncia, leitura, compreensão verbal e fala. Já para quem é fluente em francês e tem um pouco de conhecimento em inglês, a aplicação funciona da mesma forma. É preciso ter uma boa nota no teste de proficiência da língua que tem maior conhecimento e a segunda língua pode ser utilizada caso também tire uma nota equivalente ao necessário, logo, ter conhecimento de ambas as línguas é um fator que pode favorecer na hora de se inscrever nos programas de imigração. 

Como você pode ver, ir para o Canadá tendo conhecimento das duas línguas oficiais do país pode ser muito vantajoso caso pretenda imigrar, garantindo uma pontuação mais alta. E para além disso, aproveitar a  possibilidade da fluência em dois idiomas estrangeiros e investir em seus conhecimentos pessoais. Saiba mais sobre as províncias e como facilitar sua ida ao Canadá. Acompanhe nosso site e nossas redes sociais.

Créditos

Autora: Guilherme Furutani
Revisão: Carolina Cadinelli e Dann Owczarzak

Data:02/01/2020