Setor de TI no Canadá terá mais vaga que demanda

Se você é daqueles que já ouviu dizer que no Canadá há muitas vagas de emprego de TI, mas acha difícil de acreditar, aqui vão novidades para você. Segundo o relatório do Conselho de Tecnologia de Informação e Comunicação (ICTC), até 2020 a economia canadense criará 218.000 vagas de empregos tecnológicos.

Os setores que principalmente têm sofrido com a falta de profissionais de TI são as pequenas e médias empresas. Elas estão defasadas já que não encontram especialistas que possam implementar novas tecnologias, e isso pode trazer sérias consequências.

De acordo com o relatório, se o governo canadense não suprir as demandas de talento e habilidades necessárias para essa área, a economia terá grandes perdas com a baixa produtividade, tributação e PIB.

Esse problema não existe somente no Canadá. Outros países, como os EUA e o Reino Unido, já perceberam uma possível queda na oferta de profissionais de tecnologia e por isso inseriram no currículo escolar matérias obrigatórias que formarão jovens com educação secundária mais bem preparados para contribuir para o mercado de trabalho.

O crescimento de trabalho na área de TI é 4 vezes maior que em outras áreas, mas apenas 6% dos graduandos no Canadá formam na área de tecnologia.  Assim, o ICTC solicita ao governo do Canadá que facilite a entrada de minorias que sejam profissionais de TI, dentre elas: mulheres, imigrantes, indígenas e pessoas com necessidades especiais.  O Conselho acredita que essa medida reduzirá bastante a escassez de mão de obra. Certamente, também ajudará muitos a realizarem o sonho de imigrar.

Você é da área de TI e quer aproveitar esta oportunidade? Faça o seu plano de imigração e saiba suas chances de ir para o Canadá trabalhar neste setor.

Como anda a economia Canadense?

Temos ótimas notícias para você que é daqueles que quer vir para o Canadá, mas que não

sabe exatamente para onde neste enorme país. As duas principais províncias que apresentarão

maior crescimento econômico em 2016 e 2017, serão British Columbia e, em seguida, Manitoba.

Economia de Manitoba

Esse grande desenvolvimento é atribuído aos setores de construção, manufatura e serviço.

De acordo com o CBOC (The Conference Board of Canada), organização canadense

responsável por pesquisar e analisar as tendências econômicas do país, a taxa de PIB em

Manitoba neste ano apresentará crescimento real de 2,5% e de 3% no próximo ano.

O setor de manufatura Canadense

O setor de manufatura se beneficiará da baixa do dólar canadense e da alta do dólar

americano. Dessa forma, crescerá aproximadamente 3,4% no presente ano. Além disso, o setor

de construção está em acelerada expansão juntamente aos projetos da Manitoba Hydro que no

momento possui papel importante ao oferecer inúmeras vagas de emprego. Há previsão de que o

desenvolvimento nesse setor que alcançará 1,4% em 2016, manterá ritmo de crescimento nos

próximos dois anos.

Outras áreas de relevante desenvolvimento são os setores financeiro, seguro e

imobiliário. Em consequência desses aumentos, a taxa de empregabilidade que já é interessante,

projetada em crescer em 1,3%, será ainda melhor em 2017, podendo alcançar 1,8%.

 Economia de British Columbia

A estimativa é de que a Província de British Columbia lidere o crescimento do país

nos setores de construção e moradia. As Províncias de Alberta e Saskatchewan não

entrarão em recessão, mas continuarão sofrendo por causa da crise no setor de energia.

Economia de Alberta

Segundo o CBOC, até o fim deste ano a Província de Alberta perderá 11 milhões de dólares canadenses.

Fica então a dica para você  considerar essas informações antes de tomar sua decisão.

Você pode contar com a ajuda de nossos consultores para ter mais informações sobre imigração para o Canadá. Clique aqui e marque sua consultoria agora!

 

Fonte: http://www.cbc.ca/news/canada/manitoba/manitoba-s-

economy-to- thrive-in- 2016-conference- board-of- canada-1.3354202

Canada uma superpotência educacional

Você sabia: cidadãos europeus, asiáticos e da Oceania podem trabalhar no Canadá legalmente por até um ano?

Muitos cidadãos brasileiros que tem dupla cidadania, assim como cidadãos de outros países que estão no Brasil e querem vir para o Canadá têm nos procurado, quer seja para fins de imigração, estudo ou trabalho.

Você sabia que há benefícios para determinadas cidadanias no que diz respeito a trabalho no Canadá?

No caso imigratório, o passaporte brasileiro é equivalente a maior parte dos outros países, não gerando, assim, qualquer vantagem ou desvantagem.

No entanto, para vistos de turismo, estudo e principalmente trabalho, temos oportunidades bastante interessantes para jovens adultos (18 a 30/35 anos) portadores de passaporte dos seguintes países:

  • Austrália
  • Áustria
  • Bélgica
  • Chile
  • Costa Rica
  • Croácia
  • República Tcheca
  • Dinamarca
  • Estônia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Hong Kong
  • Irlanda
  • Itália
  • Japão
  • República da Coréia do Sul
  • Letônia
  • Lituânia
  • México
  • Holanda
  • Nova Zelândia
  • Noruega
  • Polônia
  • San Marino
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Suécia
  • Taiwan
  • Ucrânia
  • Reino Unido

Portanto, se você se enquadra nesse caso e pensa em vir para o Canadá viver uma experiência de estudo, trabalho ou  de imigração, ou tem um amigo ou familiar que tenha interesse em saber mais detalhes de como podemos auxiliar nesse processo, fique à vontade para nos contactar. Basta curtir essa publicação ou marcar seu amigo/familiar e entraremos em contato. Pode também  nos ligar diretamente  através do Whatsapp +1 604 767 7350 ou ainda nos contactar clicando aqui.

 

Governo Canadense Quer Simplificar o Processo de Residência Permanente para Estudantes Internacionais

Para aqueles que querem vir ou já estão no Canadá, temos super novidades para vocês. O governo Liberal está buscando meios de facilitar o acesso ao status de Residente Permanente para estudantes internacionais que completarem seus estudos nesse país.

John McCallum, Ministro de Imigração, Refugiados e Cidadania, considera os estudantes internacionais como canadenses em potencial uma vez que muitos já estão inseridos no mercado de trabalho e adaptados à cultura do país. Além da formação educacional conquistada no Canadá, eles já falam inglês e/ou francês, assim deveriam ser os primeiros a serem convidados, disse o Ministro após sair de um encontro com representantes do governo canadense.

Com o objetivo de incentivar que esses estudantes permaneçam no país como Residentes Permanentes, o Ministro pretende intensificar o diálogo nos níveis federal e provincial para modificar o Sistema de Seleção de Imigração pelo Express Entry que foi implementado pelos Conservadores em Janeiro de 2015. Desde que esse sistema foi adotado o processo de imigração ficou mais incerto.

Baseado em um sistema de pontos, hoje o Express Entry convida os candidatos mais elegíveis para o processo de imigração. Alguns dos critérios usados nesse sistema são nível de proficiência em inglês e/ou francês, formação educacional, experiência profissional e idade. Dentro dos 1.200 pontos disponíveis nesse sistema, 600 são direcionados para candidatos que possuem uma oferta de emprego ou nomeação para alguma província canadense. A oferta de emprego, no Express Entry, é validada caso o empregador tenha o Labour Market Impact Assesment (LMIA) aprovado pelo governo.

A saída para os estudantes internacionais que querem continuar no Canadá após a conclusão dos estudos é solicitar o Post-Graduation Work Permit (PGWP), que é uma permissão de trabalho que pode durar até 3 anos.

A agenda do Ministro não para por aqui. Ele ainda propõe uma revisão do quadro do Plano de Níveis de Imigração e renovação nos esforços para o estabelecimento dos refugiados Sírios nas comunidades canadenses. Todos os outros ministérios representados nesse encontro concordaram em trabalhar juntos para garantir que os futuros níveis de imigração atendam às necessidades do mercado de trabalho do país. Vale a pena acompanhar as decisões que virão pela frente. Quem sabe não fica mais fácil para você?

Está planejando imigrar para o Canadá através dos estudos? Faça a primeira etapa do plano de imigração gratuitamente conosco e saiba as suas chances!

Extraído de: http://www.cic.gc.ca

Consultor de imigracao

Eu realmente preciso de uma consultoria de imigração para o Canadá?

Qualquer pessoa que já tenha pesquisado sobre opções para imigrar para o Canadá sabe que o sonho pode se tornar um verdadeiro desafio. São milhões de matérias e diferentes informações disponíveis na internet, mas que frequentemente estão equivocadas. Além disso, como as regras para imigrantes mudam a todo momento, são altas as chances de que mudanças tenham ocorrido desde que determinada notícia foi veiculada.

Leia mais

Eletronic Travel Authorization (eTA): Novas regras para entrada de cidadãos de países isentos de visto no Canadá

 

Até pouco tempo atrás, visitar o Canadá era super fácil para os brasileiros com cidadania europeia ou de outros países isentos de visto, bastando chegar com o passaporte na fronteira para entrar e ficar por até seis meses. Agora, no entanto, as regras mudaram e, a partir de 15 de março de 2016, quem tem cidadania de países sem visto vai precisar obter uma autorização online com antecedência para entrar no Canadá por via aérea. Mas não se desespere: o processo é simples, barato e neste post a gente ensina tudo que você precisa saber sobre como conseguir a Electronic Travel Authorization (eTA).

Leia mais